Transgênicos na Agricultura: o que você precisa saber



Nem todo tipo de evolução é recebida da melhor maneira possível. Muitas vezes as pessoas tendem a olhar o novo com desconfiança e muitas com um certo preconceito, que é gerado muitas vezes pela falta de informação. Na agricultura isso não é diferente.


Um dos grandes avanços dos últimos anos veio com a biotecnologia dos transgênicos agrícolas e desde então ela tem gerado diversas polêmicas.

Nesse post você entenderá o que são esses transgênicos na agricultura e as suas vantagens e desvantagens.


O que são transgênicos

Transgênico é o nome dado a organismos que contém genes de outras espécies em seu genoma, adicionados por meio de técnicas de engenharia genética.


Sendo assim, uma espécia terá o seu genoma original alterado. Essas mudanças são feitas buscando objetivos específicos, melhorias para aquelas espécies.


Essa biotecnologia passou a ser bastante utilizada na agricultura, visando melhorar a produtividade e tornar as espécies conforme algumas necessidades, como evitar pragas, por exemplo.


Transgênicos e transgenes

Algumas vezes os termos são confundidos. Mas a diferença é bastante simples. Transgene diz respeito ao gene que foi inserido na outra espécie. Transgênico se refere à espécie que recebeu esse novo gene.

Transgênicos e organismos geneticamente modificados (OGM)

Outra diferença que vale a pena frisar é em relação aos organismos geneticamente modificados.


Um OGM é foi modificado a partir de técnicas laboratoriais que de alguma forma mudaram o seu genoma. O Transgênico é uma espécie que teve a modificação a partir da inserção de um trecho do DNA de outra espécie.


Isso torna um transgênico um OGM. Mas nem todo OGM é um transgênico.


Transgênicos na agricultura

Como vimos, os transgênicos são criados visado alguma evolução específica para uma espécie de planta ou fruto.


Atualmente a produção deles é difundida em todo o mundo e a utilização dessa biotecnologia é com folga a evolução mais adotada na história da agricultura. O Brasil figura entre os países com a maior área plantada de transgênicos agrícolas no mundo.


O principal motivo para esse uso exacerbado é o sucesso com essas espécies mais resistentes a pragas e secas, e uma diminuição no uso de pesticidas e defensores nas plantações.


Benefícios dos transgênicos agrícolas

As principais vantagens dos transgênicos na agricultura estão diretamente ligados à produtividade.


Essa resistência a pragas e doenças citada no tópico anterior gera uma grande redução de custos para os engenheiros agrícolas, além disso algumas dessas espécies podem ser colhidas mais rapidamente e com menor perda.


Os principais benefícios são:

  1. Resistencia a pragas e doenças

  2. Aumento da produtividade

  3. Redução de custos

  4. Diminuição do uso de pesticidas, herbicidas e defensores

  5. Maior tolerância à condições ambientais e climáticas

  6. Introdução de características novas à espécie a partir da alteração do genoma

  7. Geração de anticorpos nessas espécies transgênicas

Desvantagens dos transgênicos na agricultura

Claro que o uso dessa biotecnologia não é um mar de rosas. Essa evolução traz algumas consequências e riscos, tanto para as pessoas quanto para o meio ambiente. Vejamos as principais delas:


Ao meio ambiente

  1. Como os transgênicos são plantados em monoculturas, eles trazem uma perda da biodiversidade

  2. Alguns genes da planta podem ser transferidos para outras espécies, a partir do fluxo gênico (ou escape gênico) modificando parentes silvestres

  3. Pode ocorrer o surgimento das chamadas super pragas, que são resistentes a pesticidas e herbicidas

  4. Plantas mais resistentes e agressivas podem gerar o extermínio de insetos benéficos à agricultura

Ao homem

  1. A alteração da quantidade de nutrientes pode interferir na absorção desses alimentos

  2. Aumento de alergias pela transferência de genes de uma espécie para a outra

  3. Pode ocorrer a transferência de genes resistentes a antibióticos para bactérias presentes no intestino humano e no dos animais, através do escape gênico já citado

  4. Ainda não existem estudos conclusivos com relação aos efeitos à longo prazo

Ainda existem outras vantagens e desvantagens, mas selecionamos aqueles que julgamos mais importantes.


Polêmica com os transgênicos agrícolas

Como vimos, o alto número de vantagens e de desvantagens dessas espécies geneticamente modificadas podem gerar longas discussões a respeito do tema.


Muitas polêmicas são criadas por falta de informação das pessoas e esse tema é delicado e precisa ser discutido e analisado com bastante calma, lembrando que cada caso pode ter a sua especifidade.


Os transgênicos marcam mais um grande avanço na agricultura, tão marcante quanto GPS agrícola e os Drones.


Não fique por fora de todas essas evoluções e confira esse post com as principais tecnologias agrícolas!