Tecnologia agrícola: a importância e principais inovações



As plantações modernas e as operações agrícolas são realizadas de maneiras muito diferentes quando comparadas às praticadas algumas décadas atrás. Inicialmente podemos relacionar este salto em produtividade e gerenciamento das plantações aos avanços tecnológicos que vem sendo aplicados à agricultura. A tecnologia agrícola hoje inclui: o uso de diversos tipos de sensores, utilização de máquinas e sistemas integrados.


Atualmente a rotina das grandes plantações tem implementado sofisticadas tecnologias, como o uso da robótica e principalmente drones, que têm revolucionado os mais diversos tipos de processos agrícolas. Além de utilizar constantemente tecnologias já difundidas mundialmente como: sensores de temperatura e umidade, imagens aéreas e GPS.


Todos estes avanços estão relacionados à Agricultura de Precisão e permitem maior produção, aumento dos lucros e da eficiência, além de garantirem maior segurança nas operações.


Confira a seguir a importância do uso da tecnologia na agricultura e como ela tem proporcionado diversos avanços.


Agricultura de Precisão


A Agricultura de Precisão foi a principal responsável pela busca por novas tecnologias e avanços para as plantações. Este tipo de agricultura é baseado na observação, monitoramento e gestão de todos os insumos necessários e principalmente de toda a plantação.


As novas tecnologias vieram para atender a todas estas demandas e alcançar resultados favoráveis e aumentar significativamente a produção.

Elas podem ser consideradas um dos fatores mais importantes que possibilitaram o sucesso do emprego da agricultura de precisão nas plantações de todo o mundo.


Tecnologia Agricola


Diversos avanços têm sido constantemente utilizados na agricultura, proporcionando ótimos ganhos de produtividade, facilitando a gestão e diminuído diversos custos.


O primeiro grande avanço na agricultura foi o uso do GPS que possibilitou a entrada de outras tecnologias como o emprego de novas máquinas guiadas por computador/satélite.


Tratores guiados por GPS para plantação de sementes, aplicação de pesticidas e principalmente nos processos colheita possibilitam ganho de performance e redução dos tempos de parada.


O uso de sistemas integrados foi outra grande inovação dos últimos anos. A possibilidade de acessar todos os dados e visualizar diversos KPIs através de qualquer computador, ou simplesmente pela tela do smartphone, permitiu aos gestores um controle total de toda a plantação.


O último grande salto tecnológico do setor agrícola foi a introdução de drones em diversos processos. O uso destas pequenas aeronaves não tripuladas permite monitoramento aéreo em tempo real dos processos de colheita e sensoriamento remoto mais acessível quando comparado ao realizado por satélites.


Os drones também conseguem detectar pragas na plantação e gargalos na produção com bastante agilidade, reduzindo perdas e aumentando a performance.


Além disso, permitem encontrar os pontos que carecem da aplicação de insumos e remédios com maior facilidade, possibilitando usos pontuais e principalmente a redução de custos.


A importância da tecnologia agrícola


Os grandes agricultores não precisam mais aplicar água, fertilizantes, pesticidas e alguns insumos uniformemente em toda a plantação.


Com o uso de tecnologias é possível utilizar a quantidade mínima requerida em cada área específica, também se consegue tratar cada planta de maneira única e diferenciada.


Alguns dos benefícios que a tecnologia agrícola proporciona são:

  1. Aumento da produtividade: com os avanços consegue-se detectar os gargalos na produção e aumentar o número de plantas por hectare, elevando assim a produtividade da plantação.

  2. Redução do consumo de água, fertilizantes e pesticidas, que além de proporcionar aumento do lucro permite reduzir o valor do produto.

  3. Diminuição dos impactos ambientais no ecossistema e menor escoamento de produtos químicos nos rios e lençóis freáticos, tornando o negócio mais sustentável.

  4. Aumento da segurança dos funcionários e dos processos através de tecnologias altamente confiáveis que reduzem a probabilidade falhas e erros.

  5. Aumento da eficiência sem a necessidade de maiores gastos para mantê-la — é necessário desembolsar somente para a aplicação da tecnologia.

  6. Detecta a escassez de nutrientes no solo e apresenta de maneira assertiva a quantidade de nutrientes e fertilizantes que precisam ser adicionados ao solo (a partir do uso de Drones).

Além de todos estes benefícios, os avanços tecnológicos aplicados à agricultura permitem maior confiabilidade da plantação, monitoramento de todo o campo e gestão de todos os recursos utilizados.


A tecnologia na agricultura permite total controle sobre a produção, processamento, estoque e distribuição.


5 principais tecnologias da atualidade


Algumas dessas tecnologias têm se destacado em meio a esse período de grandes evoluções na agricultura. Dentre elas, vamos destacar aquelas que consideramos as principais e mais impactantes para o setor.


Sensores

O uso de sensores inteligentes vem sido aplicado na agricultura. Esta tecnologia agrícola possibilita o monitoramento total das plantas. Estes sensores conseguem captar a saúde da plantação, a necessidade de água e o teor de nitrogênio no solo. Estes sensores alinhados com a tecnologia de conexão 4G permitem o monitoramento constante e em tempo real da plantação.


Cada agricultor pode buscar o tipo de sensor que mais se adéqua as suas necessidades. Existem no mercado os mais variados tipos de sensores que podem monitorar diversos detalhes da plantação.


Como permitem monitorar a saúde da plantação permitem a detecção de doenças e contaminações, possibilitando rápida ação dos gestores para a solução do problema. Os dados provenientes desta tecnologia agrícola ainda podem ser utilizados para a formulação de KPIs, que possibilitam o acompanhamento da performance da plantação em função do tempo.


Drones

tecnologia agrícola: drones

Esta pequena aeronave controlada a distância é último grande salto tecnológico que a agricultura de precisão sofreu.


Os VANTs, Veículos Aéreos Não Tripulados, como também são chamados podem carregar câmeras de alta resolução e os mais diversos tipos de sensores, permitindo a esta tecnologia diversas aplicações.


As fotos tiradas pelos drones são de alta qualidade e excelente resolução, além disso podem ser tiradas na frequência desejada pelo agricultor. Somente isto já é um enorme diferencial e mostra porque essa tecnologia tem sido escolhida ao invés dos satélites.


Os satélites não estão à disposição dos agricultores durante todo o tempo, as fotos são tiradas uma vez por semana ou mensalmente. Sem falar que o clima pode interferir muito a qualidade das fotos, o que não ocorre com os VANTs, que podem trabalhar até mesmo em condições climáticas adversas.


Esta tecnologia tem inovado a agricultura, pois permite através das suas imagens e algoritmos específicos a coleta das seguintes informações:

  1. Contagem das plantas

  2. Medição da altura da plantação

  3. Detecção de pragas

  4. Medição da eficácia de tratamentos e do uso de pesticidas

  5. Monitoramento da necessidade de água e insumos

Os drones permitem que os agricultores otimizem a utilização de sementes, fertilizantes, pesticidas e água. Além disso, possibilitam reações rápidas contra qualquer tipo de ameaça a plantação.


GPS agrícola

O Sistema de Posicionamento Global, ou GPS, é uma tecnologia que há alguns anos já vem sendo aplicada em larga escala na agricultura.


Esta tecnologia possibilita uma série de aplicações, como: completo mapeamento da plantação, amostragens virtuais do solo e do campo, monitoramento e inspeção dos processos agrícolas e total mapeamento da produção.


Os benefícios do GPS agrícola são inúmeros, mas podemos destacar alguns dos mais utilizados: localização exata de amostras de solo, coleta e análise de dados da plantação, controle e navegação de máquinas durante o serviço.


Esta tecnologia possibilita um aumento da qualidade dos processos agrícolas e aperfeiçoamento de tarefas.


Um detalhe importante é que o GPS pode manter a produtividade da plantação, porém demandando um número menor de trabalhadores.


Big Data


Este termo é utilizado para descrever um imenso volume de dados, extremamente variado que compõe o negócio. O mais importante não é a quantidade de informações, mas sim o que é feito com elas.


O Big Data tem sido implementado na agricultura de precisão e tem possibilitado o melhor fluxo de informações, uma análise mais rápida e efetiva e tem levado à melhores decisões e criação de estratégias.


Esta tecnologia agrícola só foi viável devido aos avançados referentes às conexões sem fio e 4G. O Big Data favorece a troca de informações, tornando os agricultores mais rápidos e assertivos na tomada de decisões, que passam a ser muito mais baseada em dados do que no feeling.

tecnologia-agrícola

Mobilidade


Os agricultores não precisam mais se preocupar com a falta de acesso a alguns recursos e a internet. Nos últimos anos com o surgimento da internet 4G o trabalho e o acesso às informações se tornaram mais simples e fácil.


Esta conexão sem fios e de alta velocidade tem permitido a introdução de inúmeras novas tecnologias na agricultura. Agora os agricultores podem monitorar a fazenda em tempo real, acompanhar máquinas durante o trabalho, gerenciar equipe e acessar pela tela do smartphone dados, KPIs e informações das plantações.


Todos os detalhes do negócio podem ser vistos através da nuvem, facilitando bastante a gestão da plantação. O principal benefício da mobilidade, porém, é auxiliar e acelerar a utilização das demais tecnologias citadas nesse artigo.

Todas essas tecnologias têm revolucionado o setor agrícola, a utilização de cada uma delas na agricultura de precisão tem possibilitado resultados nunca antes imaginados. Com estas inovações os agricultores estão conseguindo aumentar a produtividade, mas sem prejudicar o meio ambiente.


Quer saber tudo sobre Visão Computacional e como a tecnologia pode revolucionar sua empresa? Conheça a Pix Force!