Pix Counter otimiza produção de aço através de tecnologia disruptiva



O Pix Counter, tecnologia da startup Pix Force, traz ao mercado a possibilidade de otimizar atividades que antes eram feitas com métodos lentos e não tão confiáveis. Através de sensores e câmeras RGB, a solução de Visão Computacional consegue realizar a contagem de itens em tempo ágil, sincronizada ao processo de uma cadeia de produção. Operando com acurácia acima de 98%, a solução supera a capacidade humana em relação à confiabilidade dos dados levantados. Sendo assim, o uso da tecnologia é ideal para a contagem de itens em grande escala, como é o caso das barras de aço utilizadas no ramo da construção civil.


Na cadeia de produção, o dispositivo, que pode ser aplicado em um drone, consegue fazer a contagem de itens que passam pela esteira com precisão e velocidade acima da capacidade humana. Da mesma forma, o Pix Counter ainda é capaz de garantir eficácia em processos de rastreabilidade de produtos, o que gera facilidade em identificar erros e fazer possíveis chamadas para recall.


Utilizada amplamente em indústrias como a construção civil, a tecnologia inovadora vem para livrar a mão de obra humana de tarefas exaustivas e pouco seguras, podendo ser aproveitada em funções estratégicas. A produtora de aço ArcelorMittal é uma das empresas que aplica a solução desenvolvida pela Pix Force, utilizando a tecnologia para solucionar diferentes dores apresentadas pela unidade de Piracicaba, no interior de São Paulo.


Indústria do aço ganha processos de automação


Na ArcelorMittal, a solução foi introduzida inicialmente para resolver a demanda de um cliente da Bolívia, responsável pela distribuição das barras de aço produzidas pela multinacional. A contagem dos itens, entretanto, era feita através de um processo manual, considerado extremamente perigoso e desgastante para os trabalhadores bolivianos. Após empregar a tecnologia no país vizinho, a empresa percebeu que também poderia utilizar a solução para resolver dificuldades dentro da própria fábrica.


A contagem de um único feixe de barras de aço pode levar de duas a três horas para ser concluída, se utilizada a mão de obra física. O mesmo feixe, que pesa 2 mil quilos, pode ser contado em cerca de um minuto caso o Pix Counter seja utilizado, o que comprova a agilidade e eficácia da tecnologia.


Deivid Bazogli, Analista de Inovação da multinacional em Piracicaba, explica que as barras de aço são produzidas por peso, mas vendidas por unidade. Por isso, a multinacional era obrigada a estimar a quantidade de barras enviadas para distribuição com base no peso dos feixes, sem conseguir obter o número exato de itens que estavam sendo destinados ao mercado internacional. A saída era enviar um número superior ao exigido, já que a apuração não era precisa.


Para solucionar o problema, a ArcelorMittal passou a disponibilizar a solução para distribuidores da Bolívia e do Peru através de dispositivos mobile, já que, para que seja garantida a norma construtiva do produto, é preciso que haja um número mínimo de barras no feixe. Após os resultados satisfatórios, a unidade de Piracicaba passou a aplicar o Pix Counter também na própria linha de produção, através de uma solução estática que é capaz de contar cada uma das barras produzidas dentro da fábrica.


“Em primeiro lugar havia a necessidade de atender os clientes da Bolívia e do Peru, responsáveis pela compra de 30% a 40% da nossa produção mensal, com a contagem adequada e precisa das barras. Mas em seguida percebemos que a solução poderia ser aplicada dentro da nossa própria fábrica, otimizando ainda mais a produção”, ressaltou Bazogli. Além da aplicação interna, o analista explica que a solução também tem sido empregada para distribuidores nacionais que vendem as barras por unidade, diretamente para pessoa física.


Soluções de Inteligência Artificial (IA) estão sendo muito utilizadas em empresas que desejam escalar exponencialmente. Produtos desenvolvidos utilizando sistemas de Visão Computacional garantem que prazos e processos sejam concluídos com eficácia e segurança sem que a qualidade dos produtos seja posta a prova. Da mesma forma, a empresa ganha tempo para se dedicar a processos estratégicos que possam trazer maior retorno econômico.


Pix Force gera soluções que fomentam a competitividade do mercado


A Pix Force trabalha para solucionar dores de diversos segmentos industriais, promovendo soluções de IA que melhoram a eficácia de processos. Através de projetos de Visão Computacional, a empresa tem levado inovação para dentro de meios tradicionais, revolucionando a forma de trabalhar e construir caminhos rumo ao crescimento exponencial no meio.


Fundada em 2016, a startup gaúcha foi recentemente destaque no ranking da 100 Open Startups, plataforma responsável por conectar grandes empresas a startups que apresentam soluções inovadoras para dores do mercado. A introdução de tecnologia em diversos setores torna-se cada vez mais urgente para o fomento da competitividade no mercado, e empresas que fazem parte deste processo destacam-se no ecossistema de inovação.