O setor de energia elétrica e suas previsões para o futuro


A transformação do setor de energia global está pavimentando seu caminho para a próxima década. Mas, você já tem uma ideia de como será daqui a 15 ou 20 anos? De acordo com o relatório da consultoria francesa Capgemini, “O Futuro da Energia”, esse setor irá evoluir de forma muito diferente dependendo de cada região geográfica, mas em geral tudo indica que será fortemente influenciado pelo advento de novas tecnologias, mudanças no comportamento do consumidor e mudanças políticas.


Para chegar a estas teorias, os autores do estudo basearam-se em três projeções principais amplamente aceitas pela comunidade internacional. Primeiramente, que a população mundial aumentará em 1,7 bilhões até 2040, principalmente em áreas urbanas.


Em segundo lugar, que a demanda energética aumentará em mais de um quarto até esse mesmo ano. E por fim, na improbabilidade de que o mundo como um todo atinja as metas estabelecidas no Acordo de Paris de 2015, ou em acordos energéticos similares.


LEIA TAMBÉM:


O setor de energia elétrica e suas previsões para o futuro

O setor de energia elétrica e suas previsões para o futuro


Previsões para o setor de energia elétrica


As previsões para um grupo heterodoxo de países, nos quais juntam-se tanto as nações do sul da Europa (como a Espanha) quanto da América Latina (como o Brasil), do sul da Ásia (como a Indonésia), e até alguns da África (como a Quênia e a África do Sul), caracterizam-se por um uso maciço de combustíveis fósseis, assim como por continuar enfrentando grandes desafios ambientais, como emissões locais de gases de efeito estufa ou gerenciamento de resíduos.


Estima-se que, devido ao impacto do aquecimento global, os sistemas de ar condicionado consumirão 40% da eletricidade, e como resultado da possível expansão demográfica nesses países, o consumo de eletricidade poderia quase duplicar entre 2025 e 2050.


Por outro lado, países do norte da Europa, a Austrália, e em parte a costa leste dos Estados Unidos, têm altas probabilidades, de acordo com o estudo, de adquirir um processo de descarbonização da economia e um “boom” ambiental, mesmo aumentando simultaneamente a demanda de energia devido ao consumo dos novos produtos e serviços.


No estado da Califórnia, nos EUA, por exemplo, a mobilidade elétrica apresentará um dos mais notáveis desenvolvimentos no mercado de energia. A partir de 2040, devido às leis locais, 100% de todos os veículos novos serão obrigados a funcionar com energia renovável. 

O setor de energia elétrica e suas previsões para o futuro

O setor de energia elétrica e suas previsões para o futuro


O setor de energia elétrica no Brasil


No Brasil, de acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o setor de transmissão de energia terá um investimento de R$ 12,8 bilhões até 2025, somando ao sistema nacional 3 mil quilômetros de novas linhas de transmissão e um considerável acréscimo de capacidade transformadora em subestações novas e existentes.


Esse aumento de infraestrutura de transmissão energética certamente trará consigo a necessidade do aumento da produtividade geral. Para isso consequentemente será preciso uma maior otimização de processos e prevenção de problemas técnicos como desgastes de linhas de transmissão ou sobrecargas de geradores. 


Além disso, não há dúvidas de que, no futuro próximo, o desenvolvimento dos diversos setores da economia andará fortemente de mãos dadas com a inovação tecnológica e a aplicação de todos aqueles processos que nos cercam hoje: Inteligência Artificial (IA), a Internet das Coisas, a análise de dados massivos (Big Data), entre outros. Essas tecnologias farão a diferença nas indústrias, serviços, e, é claro, também no setor de Energia.


Um exemplo claro da aplicação dessas tecnologias está no ambiente da rede elétrica. Nesse mundo, graças ao IoT e 5G, bilhões de objetos estarão conectados, gerando uma grande quantidade de dados. O uso de dados fornecidos por elementos de geração, distribuição e consumo melhoraria a gestão da rede elétrica e a economia de energia. 


Projetos Inovadores

Um exemplo disso é o projeto europeu BD4OPEM, que surge com o fim de melhorar a operação e a manutenção das redes de distribuição elétrica. Financiado pela UE com oito milhões de euros, este projeto trabalha no desenvolvimento de uma plataforma hospedada na nuvem que, apoiada por sistemas de I.A, fornecerá soluções na extração e uso de dados massivos. 


Outro projeto notável que envolve a aplicação de novas tecnologias no setor energético é o programa de Modelagem da Atmosfera e Radiação Solar (MATRAS). A iniciativa foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Jaén, na Espanha, junto a outras universidades do campo da IA. O objetivo do projeto é, de forma resumida, desenvolver modelos capazes de prever a produção de usinas de energia renovável em poucos minutos. Dessa forma, é possível fazer previsões da radiação solar de forma otimizada.

O setor de energia elétrica e suas previsões para o futuro

O setor de energia elétrica e suas previsões para o futuro


Ainda, no contexto do nosso país, soluções inovadoras como as oferecidas pela Pix Grid, startup Spin-off da Pix Force, vieram para otimizar a forma como é realizada a inspeção e manutenção das linhas de transmissão de energia, que antes era feita de forma manual e ineficiente.


Utilizando Inteligência Artificial e tecnologia de machine learning, os algoritmos programados pela Pix Grid coletam, armazenam e processam grandes quantidades de dados com o fim de inspecionar de forma rápida, automatizada e eficaz as linhas de transmissão, reduzindo consideravelmente os custos operacionais desta tarefa, assim como a necessidade de colocar em perigo vidas humanas.


Você gostaria de saber mais sobre como as soluções da Pix Grid beneficiam a sua empresa? Entre em contato com a gente!