O que esperar do futuro da agricultura?



O setor agrícola vai enfrentar enormes desafios nos próximos anos, isso não somente no Brasil, mas em todo o mundo.


De acordo com a FAO (Food and Agriculture Organization of the United States) é necessário que a produção de alimentos tenha um aumento de 70% até 2050 para conseguir alimentar uma população de 9,6 bilhões de pessoas em todo o mundo.


Este aumento significativo tem de ser alcançado mesmo com a limitada disponibilidade de terras aráveis e aumento da necessidade de água potável para as plantações.


Além destes fatores, o aumento de produtividade precisa ser alcançado mesmo com as alterações climáticas que o planeta vem sofrido que já têm começado a interferir o ciclo de vida das plantações.


O futuro da agricultura necessita acompanhar a demanda mundial, e, ainda levar em consideração diversos fatores que interferem no seu desenvolvimento.


Confira a seguir o que podemos esperar nos próximos anos para o setor agrícola.


Plantações inteligentes no futuro da agricultura

Uma das principais formas de alcançar a quantidade e a qualidade esperada é através do uso de técnicas de gerenciamento e novas tecnologias no setor agrícola. O aperfeiçoamento do uso de sensores, máquinas, drones e computadores interligados podem levar à plantações “inteligentes”, totalmente conectadas e monitoradas 24 horas por dia.


A agricultura de precisão que tem revolucionado o setor ainda carece de grandes aperfeiçoamentos para alcançar a necessidade futura. Grandes plantações e empresas têm buscado o desenvolvimento do setor.


O levantamento de informações, estudo aprofundado de culturas, aperfeiçoamento dos dados meteorológicos, uso do GPS agrícola, monitoramento das plantas e uso de drones, têm sido o foco nos últimos anos da agricultura de precisão.


A meta é que se consiga trabalhar em conjunto com todas estas tecnologias, aperfeiçoando de forma que todas sejam interligadas e permitam um gerenciamento único e central.


Obviamente este é um desafio enorme, mas que provavelmente quando alcançado será o maior salto tecnológico da agricultura em toda a história.


Otimização de processos

As explorações e operações agrícolas vêm sofrendo diversas modificações com a agricultura de precisão, novas técnicas de gerenciamento, drones e a internet das coisas (Internet of Things).


Todos estes avanços possuem focos muito bem determinados: otimizar os processos agrícolas, aperfeiçoar o uso de recursos e aumentar a eficiência e produtividade das terras disponíveis.


Espera-se que com o aperfeiçoamento do emprego destas novas tecnologias tenha-se não somente um aumento da produção em todo mundo, mas também da qualidade dos produtos e também do setor agrícola.


O objetivo não será industrializar a agricultura, mas sim torná-la mais eficiente e sustentável. A busca pela otimização dos processos se dá em todas as atividades, desde a plantação até a colheita e distribuição.


Atualmente podemos destacar o aperfeiçoamento das técnicas de plantio, melhora na aplicação de pesticidas e o monitoramento da plantação. Muito ainda precisa ser feito e principalmente desenvolvido para a tão desejada otimização de processos.


O esperado nas próximas décadas é que todos os processos aperfeiçoados e desenvolvidos estejam totalmente conectados de forma precisa e inteligente, como foi mostrado anteriormente.


Alto custo

Assim como em todos outros setores, a aplicação e desenvolvimento de novas tecnologias exigem grandes investimentos. Todas estas tecnologias abordadas possuem alto custo e carecem de pesquisas para sua aplicação.


Infelizmente poucos agricultores têm buscado este gerenciamento inteligente para agricultura de precisão. É importante lembrar que a demanda tem crescido a cada ano, por isso os investimentos em novas tecnologias e procedimentos podem trazer ganhos enormes em futuro próximo.


É muito importante saber que a necessidade vai aumentar bastante e que aplicar todas estas técnicas pode aumentar significativamente a produtividade de sua plantação e qualidade de seus produtos.


Confira nesse outro post as principais tecnologias agrícolas atuais.