O que é o LIDAR e como é utilizado?

Como medir obstáculos 3D em tempo real? Será possível o desenvolvimento de carros autônomos totalmente seguros? Podemos medir distâncias em situações com a ausência de luz? Todas estas são perguntas que nos levam a mesma resposta: o LIDAR (Light Detection and Ranging). Mas o que é LIDAR?


LIDAR é uma tecnologia que possui um sensor óptico ativo, que emite feixes de luz compreendidas na região do infravermelho do espectro eletromagnético, com variações no comprimento de onda entre 0,7 µm e 1000 µm, e determina a distância calculando o tempo de reflexão dos pulsos do laser aos objetos no seu redor.


Os sensores LIDAR são usados em muitos setores da indústria, entre eles:

  • automotivo

  • infraestrutura

  • robótica

  • caminhões

  • drones

Como o LIDAR é sua própria fonte de luz, a tecnologia oferece forte desempenho em uma ampla variedade de condições climáticas e de iluminação. Quer saber mais sobre o LIDAR? Vem com a gente!


LEIA TAMBÉM:


Como é utilizado o LIDAR?

Atualmente essa tecnologia está empregada em diversos setores da economia, no campo florestal ela pode ser usada para se obter um maior detalhamento dos talhões de interesse, resultando em dados mais assertivos de desenvolvimento do plantio e quantificação de volumes, comparado com os métodos de inventários tradicionais.


Também possui a vantagem de não precisar da luz do ambiente, sendo assim são obtidos modelos de terreno e superfície sem a necessidade de se preocupar com condições climáticas, provendo uma maior agilidade no processo.


Por ser uma tecnologia que produz muitos dados espaciais com uma resolução milimétrica, se tornou a ferramenta principal para os desenvolvedores de veículos autônomos, entretanto na contramão dessa utilização encontra-se Elon Musk, CEO da Tesla, ele acredita que os sensores LIDAR são dispensáveis para resolução do problema em carros autônomos.


De acordo com Musk, existe um verdadeiro valor elevado empregado em cada sensor, e afirma que utilizando somente visão computacional envolvendo outros sensores como câmeras e radares  será suficiente para desenvolver o produto esperado pelo mercado.

Portanto, o LIDAR é uma tecnologia que chegou para ficar. Antes disponível apenas para aplicações industriais e científicas, os sensores estarão cada dia mais presentes nas nossas vidas, desde nossos celulares, passando por nossos carros e casas até nossos hospitais.


Diferente do que diz Elon Musk, o LIDAR é um sensor complementar a câmeras convencionais e possivelmente veremos cada vez mais a integração entre os dois sistemas, por serem tão complementares.


O LIDAR por exemplo funciona até mesmo na ausência total de luz. Por outro lado, apesar de depender de uma fonte externa de luz, as câmeras tradicionais capturam um dado crítico, ausente no LIDAR: as cores.


Não há dúvida que ambas as tecnologias são complementares e caminharão lado a lado, ajudando a reduzir nossos riscos de locomoção e melhorando nossa qualidade de vida.


LIDAR na indústria de carros autônomos


No geral, os sensores LIDAR estão sendo bastante utilizados em veículos autônomos, uma vez que ele fornecendo uma visão 3D de alta resolução de seus arredores.


Podemos dizer de uma forma bem simplificado, que o LIDAR funciona como os olhos dos veículos autônomos. Ou seja, por meio desses sensores, os veículos são capazes de medir milhões de pontos de dados em tempo real, criando um mapa preciso de seus arredores em constante mudança para uma navegação segura.


A precisão de distância do LIDAR é bastante eficiência, ajudando os veículos a evitarem objetos em até 300 metros em uma ampla variedade de condições climáticas e de iluminação.


E aí, o que achou da nossa definição sobre LIDAR? Quer saber tudo sobre tecnologia e como implementar soluções tecnológicas para sua empresa? Entre em contato conosco!