Big Data: benefícios do uso para o setor elétrico


Na atualidade, o uso de energia é massivo a nível mundial. Todo processo é de alguma forma alimentado e apoiado pelo setor energético. Desde empresas e fábricas até casas e escolas, todo setor da nossa sociedade precisa, hoje, de mais energia do que nunca — e disponibilizada a preços acessíveis. No passado, abastecer tal demanda seria uma tarefa extremamente complicada, senão impossível, mas as inovações recentes do Big Data tornaram isso realidade. 


O Big Data é uma tendência importante nas empresas modernas, já que os dados se tornaram o ativo mais relevante para muitos negócios. O uso desta tecnologia inovadora pode ser um recurso-chave no qual é possível confiar para tomar melhores decisões comerciais e na indústria elétrica o seu uso tem incrementado exponencialmente nos últimos anos.


Empresas do setor de energia aplicam tecnologias inteligentes aos seus serviços, incluindo sensores, tecnologias de machine learning, planejamento de energia e comunicação em rede, entre outras. Estas produzem grandes conjuntos de dados em uma base contínua que são coletados ao longo de um período de tempo. E quanto maior seja o volume de dados, mais complexo será realizar uma análise precisa e rápida.


Em situações como essa, o valor que o Big Data traz na análise acurada de dados é evidente. Mas esta tecnologia pode ser bem mais abrangente, tendo aplicações interessantes para diversas áreas do setor energético.

Big Data: benefícios do uso para o setor elétrico

Big Data: benefícios do uso para o setor elétrico

Aprimoramento na análise de riscos com Big Data

A análise de riscos é uma das aplicações mais interessantes desta tecnologia, ela está sendo usada para resolver problemas comerciais complexos para a tomada de decisões estratégicas de investimento no setor. As empresas de energia utilizam análises avançadas para filtrar seus dados coletados de milhares de sensores e os utilizam para tomar decisões de investimento bem informadas. Estes dados ajudam a avaliar a demanda do mercado e fornecem todos os insights necessários.


Empresas de geração de energia utilizam análises e modelagem avançadas para prever preços futuros e, consequentemente, mudar seu modelo operacional para enfrentar os desafios. Quando usado na nuvem, o Big Data permite o backup de informações e evita que os dados comerciais sejam perdidos no futuro. Eles oferecem às empresas geradoras de energia uma oportunidade de entender os perfis de risco de seus portfólios e as possíveis oportunidades, resultando em decisões mais estratégicas.

Maior eficiência no monitoramento

As companhias de energia procuram prever mudanças do mercado utilizando indicadores-chave em tempo real, para dessa forma responder rapidamente e mitigar problemas. Com a inteligência artificial é possível incorporar e avaliar um grande volume de informações para as empresas de energia. Isto lhes permite preparar estratégias comerciais mais eficazes. Nesse contexto, o Big Data melhora o monitoramento e a manutenção dos equipamentos no setor, minimizando as horas de produção. Quando empresas de energia investem mais em dados para monitorar toda sua operação, elas asseguram que nenhum desastre futuro ou falha de sistema poderá custar danos irreparáveis.

Big Data melhora o monitoramento e a manutenção dos equipamentos

Big Data melhora o monitoramento e a manutenção dos equipamentos

Os dados também melhoram a eficiência das máquinas. Os sensores estão sendo instalados nos equipamentos para monitorar seu desempenho. Todos os dados coletados são então analisados e utilizados para um propósito comercial colaborativo. Um melhor monitoramento e supervisão através dos dados pode permitir que os produtores de energia sejam mais pró-ativos.


A tecnologia de Big Data tem demonstrado ser um catalisador essencial para alcançar o melhor desempenho comercial no setor de energia e já pavimenta o caminho para o futuro da indústria. Nós, da Pix Grid, utilizamos essa tecnologia inovadora para desenvolver soluções inteligentes para o setor energético. Acesse www.pixgrid.ai e saiba mais!

#visãocomputacional #InteligenciaArtificial #indústria40 #inovação #economia #tecnologia #futuro